Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




DDO: Ceptro da Pureza

por Andrusca ღ, em 04.09.14

Capítulo 19

Emboscada * Parte 2

 

Passavam pouco das seis horas da tarde quando Will saiu da sua casa em alvoroço. Vestia umas calças de fato de treino e uma t-shirt velha, que mostrava que o seu corpo estava bem em forma. Os ténis eram velhos, e o corpo estava transpirado. Estava a treinar quando os Guardiães o chamaram e agora a Defensora não lhe atendia o telemóvel, o que o deixava muito preocupado. Tinha recebido uma notícia que o tinha deixado deveras inquieto, e o facto de não encontrar Chelsea ainda o perturbava mais.

Foi até à casa dela mas ninguém estava, por isso foi até ao parque. Viu crianças a brincar e a correr de um lado para o outro, adolescentes a namorar, casais a discutir, velhinhos a passear… Procurou, procurou, mas também não a viu em lado nenhum. Correu até ao Drink&Tell, à geladaria e até a uma pastelaria onde Chelsea ainda só tinha ido duas ou três vezes, mas não havia uma única cabeça ruiva por perto. Estava a começar a desesperar, e o pior era mesmo ela não atender o maldito telemóvel. “Onde é que estás?”, pensava, nervoso.

Ia a fazer uma curva quando viu Cassie a caminhar ao longe e, reunindo mais algumas forças, correu até ela.

- Cassie! – Chamou, fazendo-a voltar-se.

Cassie viu-o e parou de andar, dirigindo-lhe um sorriso logo de seguida. Estranhou a sua vestimenta, mas decidiu não comentar isso. A verdade era que, apesar de passarem bastante tempo juntos, Will e o resto do grupo não falavam de muitas coisas além dos assuntos do oculto.

- Oi, Will – cumprimentou, bem-disposta, pondo uma mecha de cabelo para trás da orelha.

- Onde está a Chelsea? – Perguntou ele, logo muito aflito, enquanto tentava recuperar o fôlego.

- Não sei… provavelmente ainda está no aeroporto – pensou ela em voz alta – O Jensen e o PJ chegam hoje, ela ficou de se encontrar lá com eles.

- No aeroporto? Queres dizer… na outra ponta de Diamond City? – O desespero do rapaz aumentou automaticamente. A pé demoraria pelo menos meia hora a chegar lá, e essa meia hora podia ser demasiado tempo. Quando lá chegasse podia muito bem ser tarde demais.

Cassie observou-o bem e franziu as sobrancelhas. Algo estava errado. Podia não o conhecer muito bem, mas ao menos conseguia perceber isso não perfeição.

- Pareces agitado, o que se passa?

- Os Guardiães detectaram uma Bruxa na Terra.

Assim que o ouviu pronunciar aquilo, a rapariga dos piercings ficou com uma cara séria. Lembrou-se automaticamente de tudo o que tinha acontecido com as primeiras duas bruxas, Lyux e Blinke, que a tinham raptado e morto, e sentiu um arrepio subir-lhe pela espinha.

- Quando? – Quis saber.

- Ainda agora. A Chelsea tem estado com um mau pressentimento, mas até agora eles não tinham captado nada. Acabei de saber, praticamente. Deve ter chegado à Terra há pouco tempo.

- Achas que vem atrás dela? Quer dizer… é o mais certo, certo?

- Sim. Se soubesse que a Defensora é a Chelsea, provavelmente já tinha capturado um de nós. Telefonei à Helen há poucas horas e ela está bem. O único que não consigo achar é o Richard, mas…

- Ele passou por mim de bicicleta, há bocado. Will… achas que é a que matou o Tony?

- Não sei, mas mesmo que não seja temos que nos despachar e ir para o aeroporto. Agora!

 

 

A sala do aeroporto já tinha enchido, e vazado. Chelsea estava sentada numa cadeira desconfortável enquanto pensava no porquê de Jensen não ter chegado. Tinha assistido à reunião de várias famílias, à chegada de muitos turistas, mas quem queria ver não viu. Nem o namorado, nem PJ, e isso fazia-lhe confusão. Teria ouvido mal a hora de aterragem? Teria percebido mal o dia? Já tinha passado meia hora depois de o avião ter aterrado e nada de nenhum dos dois, o que ainda a preocupava mais. Talvez o seu mau pressentimento tivesse uma razão de ser, afinal.

Pelas portas de vidro, automáticas, entrou uma mulher que mais parecia uma boneca, ganhando toda a atenção de Chelsea. Tinha o cabelo comprido, loiro platinado belissimamente penteado, e vestia umas calças pretas justas e uma blusa bordô. Tirou os óculos de sol e apoiou-os no topo da cabeça, esboçando um simpático sorriso para o vazio da sala. Olhou em volta e parou com os olhos na ruiva. Sabia que Fleth ia interceptar Byron, e também sabia que, se Byron chegasse hoje, então a Defensora estaria à sua espera. E a única pessoa que restava naquela sala era, sem mais nem menos, a bela adolescente com os caracóis ruivos.

Kiki caminhou até ela, fazendo com que os seus saltos altos ecoassem pela sala, e parou à sua frente.

- Oh, querida, não acho que ele venha – comentou, com uma voz simpática mas intrometida. Chelsea olhou para ela de baixo, por se encontrar sentada, e franziu as sobrancelhas.

- Desculpe?

- Bem, desculpa por reparar… mas estás aqui há um bocado. Não acho que ele venha – repetiu a Bruxa, encolhendo os ombros e esboçando um pequeno sorriso.

Chelsea levantou-se e observou-a bem. Era bonita, mas havia algo que estava errado. Agora não era apenas o seu mau pressentimento a funcionar, não eram apenas os arrepios em todo o corpo… também a sua mente lhe dizia que não era normal uma mulher daquelas meter assim conversa com uma adolescente no meio do aeroporto sem qualquer razão aparente.

- Bem, eu… - ia-se tentar esquivar, sair dali o quanto antes, mas assim que começou a andar Kiki pôs-se à sua frente.

- A tua pele parece tão macia. Deus, nem deves ter mais de dezoito anos. Tens que me desculpar, não venho aqui muitas vezes – disse, rindo-se de novo, enquanto seguia os passos de Chelsea.

- Ao aeroporto? – Disfarçou a rapariga – Pois, eu também não.

Uma enorme gargalhada ecoou por aquele espaço, e Chelsea forçou um sorriso sarcástico. Apenas por dois segundos as mãos de ambas tocaram-se, roçaram por ambas andarem lado a lado, e Chelsea sentiu uma sensação horrível. Foi como sentir um enorme vazio dentro de si. Frio, e escuro, e interminável. Foi o suficiente para perder qualquer expressão e engolir em seco.

- És engraçada. Não costumo sair do meu… ambiente. Tenho lá tudo o que preciso.

- Vai ter que me desculpar, mas eu tenho que ir – finalmente tinha conseguido sair do aeroporto, mas a loira platinada teimava em segui-la.

“Oh meu Deus”, pensava Chelsea, “tenho que a despistar… tenho que sair daqui”. Mas era escusado. Dissesse o que dissesse, Kiki não saía de ao pé dela.

Começaram a andar por uma parte de Diamond City que Chelsea detestava, mas que tinha que atravessar para chegar à sua parte da cidade. Tinha sempre poucas pessoas na rua, e até o seu pai dizia ser a parte mais perigosa da cidade. Haviam bastante assaltos e um ocasional homicídio.

- Onde moras? Talvez seja perto de mim – Insistiu Kiki, que apressava o passo ao ver que Chelsea começava a andar cada vez mais depressa.

Foi continuando com perguntas deste género até que a ruiva já não conseguia mais ignorar. Se algo tinha acontecido para Jensen e PJ não terem apanhado o avião, então aquela Bruxa teria que saber. Por essa mesma razão a Defensora parou de andar e voltou-se de frente para a inimiga, com a cara séria.

- Pára com essas tretas e vai directa ao assunto, sua Bruxa – atirou, surpreendendo a outra, que se fingiu de ofendida.

- Uau… até achei que estava a disfarçar bem – murmurou – Perdoa-me pela falta de apresentações… chamo-me…

- Eu sei quem és – interrompeu Chelsea – O que eu quero saber é o que fizeste ao meu namorado e ao meu amigo.

- Oh… bem, não és muito bem-educada, pois não? Repara… primeiro apresentamo-nos, e só depois é que a verdadeira conversa começa. É assim desde o começo dos tempos.

- Muito bem. Olá Kiki, sou a Chelsea – disse a ruiva, sem qualquer problema em fazer com que a sua falsa simpatia se notasse – Agora, o que é que lhes fizeste?

Kiki sorriu, mas antes que pudesse dizer alguma coisa viu duas figuras a aparecer por trás da rapariga. Chamavam por ela, o que a fez voltar-se.

- Ela é uma Bruxa, é uma Bruxa! – Gritava Will, enquanto corria deixando Cassie para trás – É a Kiki, Chelsea! Sai daí…

Assim que Chelsea se voltou a virar para a Bruxa, esta tocou-lhe na testa, fazendo com que ambas desaparecessem.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Yria Rivers a 15.09.2014 às 12:41

O.O->reação principal
omg,precisas de postar mais desta!!

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor




The Ghosts

web counter free